Uma introdução ao minimalismo

Se você acabou de conhecer o blog (ou já segue a algum tempo), você gostaria de receber uma introdução ao minimalismo para entender melhor o que estou falando aqui. Se você se considera minimalista com muita experiência, eu convido você a ler este post como um pequeno lembrete das bases dessa filosofia de vida. Voltar ao básico pode ser uma fonte de motivação e, talvez, dar novas idéias para se adaptar ainda melhor em suas próprias circunstâncias.

Certamente, a maneira mais fácil para começar na filosofia do minimalismo é rever todos os seus pertences. Basta dar uma olhada ao seu redor para perceber que você não usa nem a metade das coisas ao seu redor. Se você incluir o sótão e arrecadação em sua opinião, será fácil fazer uma lista de coisas que você não usou em mais de seis meses.

A questão é: por que guarda?

  • Isto indica de que você precisa de algum minimalismo em sua vida.
  • Você se sente oprimido na sua casa, no seu quarto ou no seu escritório?
  • É difícil manter a ordem em seu ambiente, por mais que você se esforça?
  • Você gasta muito tempo procurando, fazendo triagem, ou limpando seu material?

Se você respondeu sim a uma ou mais destas perguntas, seu material dominou a sua vida. Como muitas pessoas, você foi acumulando objetos sem se livrar daquelas coisas que não lhe servem mais. O resultado é uma sensação de estar sobrecarregado, quando confrontado com muitas tarefas de limpeza pendentes.

Na verdade, o problema não é os objetos, mas o efeito do excesso em seu cérebro. Tudo fora do lugar ou que não tenha sido utilizado por um longo tempo é um lembrete para o seu cérebro de que algo está pendente. Isso cria uma sensação de estresse constante que pode reduzir a sua qualidade de vida.

Vantagens de limpar o caos ao seu redor:

Imagine por um momento que você não precisa se preocupar com todas essas coisas que você nunca usa. Você vai ter que limpar menos. Você pode fazer algum dinheiro com a venda desses potes que ninguém usa. Você também terá espaço para seus projetos criativos sem invadir a mesa da cozinha (sem ter que pegar tudo na hora do almoço).

Sua casa é sua, pertence às coisas ao seu redor. Você tem o direito de reorganizar seu espaço, limpar o caos em sua vida e aceitar somente aquelas coisas importantes para você. Sua casa não é uma sala de armazenamento, e sua casa. Faça-a perceber que mora lá.

Medidas práticas para começar agora:

Dê um pequeno passo. Destralhar um quarto pode ser um projeto que ocupa um fim de semana inteiro. Se for um apartamento ou uma casa inteira pode parecer precisar de todas as suas férias. A fim de não atrasar o seu projeto para melhorar a vida, comece a tomar um pequeno passo. Não tem que terminar tudo hoje, comece com uma gaveta e certifique-se em se mover em seu próprio ritmo.

Dê um outro pequeno passo adiante. Se você não tem tempo ou paciência para organizar uma gaveta, livre-se de uma coisa todos os dias. Escolha uma peça de roupa, um papel, um objeto decorativo que não goste. Não leva mais de um minuto e os efeitos a longo prazo irão surpreendê-lo. Leia aqui no blog, como limpar o caos com a técnica de uma coisa por dia.

Mude a maneira como você compra. O minimalismo oferece muitas estratégias para reduzir o número de objetos ao seu redor. Para fazer com que a necessidade tenha o efeito de reduzir também o número de coisas que entram em sua casa. Quando você vai comprar alguma coisa, pergunte-se: Será que eu realmente quero que este item na minha casa? A solução mais fácil é usar um lembrete sobre o seu crédito ou cartão de débito.

Envolva a sua família. Se você não mora sozinho, certifique-se de compartilhar suas experiências com os outros. Concentre-se em suas coisas e discutir seu progresso com outros membros da família. No caso de as coisas comuns, certifique-se todos concordam com a mudança. E nunca toque nas coisas de outros membros da família.

Minimalismo é uma filosofia de vida que se adapte às suas circunstâncias. Se você pode definir suas próprias prioridades, você é capaz de se concentrar neles e deixando para trás o supérfluo. A decisão é sua!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s