6 COISAS QUE O MINIMALISMO ME ENSINOU SOBRE ARRUMAR – P2

3) Alguém tem que fazer o trabalho

Casas não se arrumam sozinhas. Isso eu levei muito tempo para descobrir. E muitas vezes me pergunto como as outras pessoas conseguiram manter suas casas limpas e arrumadas. Eu pensei que deveria haver um segredo, e se eu pudesse descobrir por mim mesma, a minha casa seria milagrosamente limpa. A verdade é, naturalmente, não há segredo. E simplesmente precisa fazer o trabalho.
Se eu quero minha casa ser limpo, eu tenho que limpá-la.

Há uma lição interessante lá, também. Se eu quero minha casa seja limpa, eu sou a única que tem de limpá-la. Eu não posso simplesmente fazer meu marido limpá-la para mim. Após ter tentado (e falhado) em numerosas ocasiões (e sim, eu ainda tento ocasionalmente) eu percebi que se eu sou a única que quer a casa arrumada, eu sou a única que tem que fazer o trabalho. Todo mundo tem uma bagunça limite: o ponto em que a confusão se torna insuportável e eles têm que fazer algo sobre isso. Eu considero a minha bastante alta – posso tolerar um pouco de confusão, antes que comece a me irritar. Frustrante, o limiar do meu marido é ainda maior. Consequentemente, quando eu acho que esta confuso e precisa arrumar, ele ainda está inconsciente … e, claro, se ele não achar que precisa ser feito, ele não vai participar (ou ele vai, mas muito relevantemente e depois de muito me irritar). Se eu quiser manter a paz, eu nem preciso levantar os níveis de tolerância ou aceitar que eu preciso fazer o trabalho sozinha.(Nota para o marido – eu ainda estou tentando entrar em acordo com isso.)

4) A limpeza nunca vai ser feita sozinha

Quando eu percebi pela primeira vez este, foi um choque para mim. A limpeza nunca será terminada. Não há “uma vez e para todos” com a limpeza. Eu posso limpar até que o lugar é impecável e tudo brilhando, mas logo tudo esta sujo e empoeirado e precisa ser limpo de novo. Os pratos vai precisam lavar. As roupas vai precisam lavar e guardar. Ao invés de economizar até toda a limpeza até que se torne um trabalho monstruoso, e ressentindo a quantidade de tempo que leva, eu percebi que é melhor aceitar que haverá sempre a limpeza e fazer um pouco todos os dias. Lavar os pratos quando estão sujos de imediato, e colocá-los para secar. Fazer uma carga de lavanderia uma vez quando a cesta estiver cheia, e colocá-lo para lavar. Não parece muito uma tarefa desta forma. Eu não sou perfeita e não quero ser, mas quando eu ficar com preguiça e deixar algumas cargas de roupa ou os pratos se acumularem na pia, é sempre muito mais do que algumas, poucas e muitas vezes. Pouco a pouco, a lição está sendo aprendida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s